Loading...

Translate

domingo, 10 de abril de 2016

Constrangimento

Ela pegou o remédio que procurava e se encaminhou para a fila do caixa. Um homem, na sua frente, desconhecido e alto, pergunta em tom de voz bastante audível, até mesmo para quem estava na frente dele como também para as duas pessoas que haviam acabado de se posicionar atrás dela:
- Remédio para gases?
- Sim - Respondeu, baixo e constrangida.
- É terrível ter problemas com gases!
"Deus do céu! Ele é do tipo que se aprofunda em qualquer conversa e ainda inicia!- Pensou.
- É muito desagradável quando dói na região das costelas. Eu já confundi com um infarto. Você já confundiu os seus gases com um infarto?
A essa hora ela já estava meio encolhida de constrangimento, definitivamente, um assunto muito íntimo , pensava.
-Não - Torceu para ele ficar quieto, teve esperanças apenas por alguns segundo pois ele logo continuou.
- Isso é quando a dor é acima do estômago, e quando não é?
Sério. Ela  precisava mudar de assunto...
- E o senhor, o que está levando?
- Laxante...

5 comentários:

  1. rsrsrs... BOA !
    Abraço !
    http://brasiliavermelha.blogspot.com/2015/12/historia-de-uma-brasilia-capitulo-20.html

    ResponderExcluir
  2. Muito boa, essa!!!! - Para se ler...
    Grande abraço, minha amiga!

    ResponderExcluir
  3. Gostoso de ler,além de cair como uma luva ao tema.

    ResponderExcluir