Loading...

Translate

terça-feira, 11 de março de 2014

Borboletas

Linda é a borboleta!
Voa, alegra e encanta.
Mas que temida és a lagarta em sua faceta!
Rasteja solitária, quando não esmagada e a todos espanta.

Atente para o momento da transformação.
A lagarta desprezada, cumprindo seu destino de fecha em casulo
Quando livre tornando-se alvo de tanta paixão!
Ora, atente também para este sentimento chulo.

Borboletas são alvos merecidos de amor
ignorando a paixão por si sentimento torpe e ilusório
Verás que rastejante ou voadora para atento cuidador.
Este sim, alado da mutação eis além de admirador, o dono do amor meritório

Para que se merece a graça das borboletas,
antes, precisam entender,
aceitar e acompanhar suas instintivas e necessárias facetas.
J.Mendes


Nenhum comentário:

Postar um comentário