Loading...

Translate

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Portal

Abri a janela e inspirei fundo,

Abri o peito e deixei tudo que o oprimia e
fechava meu sorriso irem...

Abri meus olhos,
fechei o ar nos pulmões e respirei o que antes houvera ali,
fechei o peito

Abri nele um canto para guardar as almas que restaram
do que eu sentia por você
Fechei a porta das falsas esperanças

Abri uma dimensão paralela na versão
"Feliz eu aqui e tu aí"
Fechei qualquer portal que me ligasse a você
abri a mão e lhe entreguei as chaves...

J.Mendes



Nenhum comentário:

Postar um comentário