Loading...

Translate

domingo, 27 de outubro de 2013

Azul marinho

Anoitece e a alma serena
no pouco anteceder, em visão íntima, ao amanhecer
Vento frio janela adentro
ainda sim, céu de veludo diamantado
trás contigo memórias...
tempos encantados...
perdidos na história!
Até que fantasmas benévolos me tirem dos desatuais e me tão atuais momentos em disfarces de raios de sol.
Amanhece e a vida acontece...
A noite esperada minha...
J.Mendes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário