Loading...

Translate

segunda-feira, 3 de março de 2014

Algumas borboletas podem não voltar, aceite.



Não guarde tanto seus sentimentos, sejam quais foram, certo, errado, ruim, bom... Esclareça-os se achar que isto deve ser feito.

Exponha-os de forma serena e correta na hora em que devem ser, pois guardando a todos, um dia, eles podem explodir ao seu redor... E se muitos dos ruins te assolarem, você talvez não consiga expressar o bom, talvez não seja compreendido, ou pior, talvez não compreenda. Se tiver algum sentimento bom, expresse, pois o amanhã para os sentimentos bons, podem não ser tão presentes quanto para os não bons.

Mas se ainda sim, tardiamente ou não, você fez, falou ou brigou, já foi. Se o resultado foi bom, siga e curta a curta vida, ou não. Mas se de algumas forma estes resultados não foram como a contento, lembre-se: Você ainda pode mudar isso, mas lembre-se também que algumas coisas se encerram mesmo depois que fez o que pode. Acredite: Tal coisa não lhe compete. Siga, mas não deixe de ser humano, principalmente consigo, a jornada sempre lhe pedirá isso. Entenda, alguns "borboletas" são tão raras e delicadas, que tem seu tempo exato e quase sempre, não volta. Mas você pode seguir sem ela ao lado, mas com seu brilho no coração.
J.Mendes




Nenhum comentário:

Postar um comentário