Loading...

Translate

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Na falta do juízo...

É confiança o nome do que lhe dei
você a usou segurando minhas rédeas
Acreditou realmente que esse sentimento de paixão corrosiva
não me permitiria ver o que és tu?

Se pensa que te desconheço,
à mim eu diria isso
Pois vejo que te quero, contudo e apesar do que você
ainda pretende me fazer.

Eu apenas faço questão do furor de paixão deste meu coração
de que o carregues, mesmo depois de tão encarniçado por tu
ferido e no bater do teu então.

Para que sinta minha real, surreal, racional e insana paixão.

J.Mendes



Nenhum comentário:

Postar um comentário