Loading...

Translate

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Shhhhh.....

E se um dia me desatasse os pés eu não tropeçaria e cairia ao tentar e conseguir me erguer...
Se me desatasse os pés, eu poderia caminhar como fazem todos e eu nunca desistirei de fazer.
Se me desatasse as mãos eu não perderia o equilíbrio tantas e tantas vezes ao longo do dia.
Se me destapasse a boca eu poderia lhe dizer como me sinto... O quanto preciso apenas de um amigo...
Se desatasse minha mente saberia que amarrada, amordaçada, ainda sim meus olhos vendados ou não, enxergam um horizonte que somente os guerreiros prisioneiros podem ver...
E se um dia... Os tombos forem letais a minha alma... Deixe em meu epitáfio:
"Uma vida de amarras mentais a machucou, contudo, nunca a prendeu... Não seriam os restos depostos a natureza que o farão.
Sendo assim, Em algum lugar, ela está seguindo"
Pois a vida tem sido merecidamente dura, contudo, fui criada para ser mais.
J.Mendes

Nenhum comentário:

Postar um comentário