Loading...

Translate

terça-feira, 4 de março de 2014

Oásis de um Borderline



"Sinto muito", estas palavras faladas com real franqueza talvez seja o "Oásis" que um Borderline precise para matar a triste sede que a frieza de alguém, querido ou não, causou. Uma grosseria, descaso, abandono...

Acreditem, não esperem por isso!

As pessoas não sentem como a gente e acostumem-se!

É verdade, tenham todo carinho em cuidarem-se, não percam seu tempo com pessoas que no momento te trazem qualquer tipo de tormento, somente um de nós sabe o que um "bom dia" frio pode nos causar. E pensam que a maioria delas entendem? Elas tentam, não é fácil, devemos fazer nossa parte, mas também, ao menos eu, faço meu filtro:

Pessoas que já precisaram muito mais de mim e eu teria me virado sem elas. Estas quando se mostram ausentes em minhas crises não procuro e se aparecem com pitacos que podem me levar a uma crise como me acusar de coisas que se sou ou não... Não está na balança deles meus destino.

É como o velho ditado: " Quem em nada nos acrescenta, nenhuma falta faz". E precisamos entender essa FALTA QUE PROJETAMOS SENTIR... Claro que a mente se funde, e meias palavras que para qualquer pessoa seria óbvio, para nós, em certos momentos são arrastados pela confusão dos sentimentos turbulentos.

Acreditem, eu sei o que é me decepcionar com pessoas que confiaria a minha vida e até daria um pedaço de mim.

Para as pequenas peças, é fácil, um retirar-se de cena basta.

Para outros, vira uma saga... Outros novelas, mas acreditem, até mesmos estas tem seu fim.

Não permite que pessoas que não estejam com o coração disposto a te ajudar se aproxime e tome seus sentimentos.

Existem pessoas que estão ao nosso lado, muitas vezes, elas são as que mais nos irritam, pois são as únicas que estão dispostas a estar com você no riso e na crise. Essas pessoas é que fazem a diferença.

Acredite, se você tem alguém que te abandonou por seu comportamento borderline... É difícil suportar? Pode ser... Mas se esta pessoa não está ao seu lado porque não quer, ela não merece seus pensamentos.

Temos tanto a sentir, somos tão sensíveis!

Hoje posso afirmar com toda propriedade:

Se não quiser ver meu lado "indesejado" não invada minha montanha que alguns leigos chamam de gaiola, mas é apenas meu mundo de "TAO", com agulhadas ou pitacos leigos, mantenham a devida distância, mas se um dia precisarem novamente, podem voltar, se eu tiver um tempo, marco um hora para te ouvir as lamúrias.
Só brigo com quem amo.
J.Mendes


Nenhum comentário:

Postar um comentário