Loading...

Translate

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Amigo Oculto

Em um dilema que não te toma o juízo, contudo,
lhe cutuca o peito,
você me evita, tal qual me entristece e envaidece

Seu lado de todos, oculto,
me joga rastros de teu desejo perigo
e me direciona teu lado amigo

Amigo meu, inimigo teu
os pensamentos que lhe cortam o peito
e cerram os lábios ao negar as palavras
que me pertencem de qualquer jeito.

J.Mendes


Um comentário: