Loading...

Translate

domingo, 23 de março de 2014

BATOM

É carmim, ele não irá sair de seu pescoço.
Transpassei todas a essência de meus beijos
berrantes que tal cor compete.
Não tire! São marcas de meus desejos,
incertos, descomprometidos.. Mas que em
alguma hora foram
 teus.
Não apague meus beijos
em chama tirando de seu pescoço a 
marca do que me fora motivo de lhe
oferecer muito além do que o mesmo agora manchado 
por meu carmim. E se ainda sim tirar de
teu corpo meu vermelho,
meus lábios dos quais lhe cederam a cor,
desbotados e renegados, ainda marcado em um rosado por beijos de seu antes amor,
estes lhes condenariam.
J.Mendes




Nenhum comentário:

Postar um comentário